Dia Nacional da conscientização sobre a Misofonia – 2019

Banner do Evento no Facebook em 2017

A Campanha sobre a Misofonia tem o objetivo principal de informar corretamente à população, autoridades e profissionais sobre esse transtorno que afeta milhares de pessoas no Brasil e no mundo. É objetivo,também, incentivar mais pesquisas sobre a Misofonia, um tipo crescente de hipersensibilidade auditiva e intolerância a sons baixos e repetitivos do dia a dia. Conhecida também como Síndrome de Sensibilidade Seletiva do Som ou 4S, esse incômodo, em mais de 90% dos casos, tem início na infância e na adolescência. Além disso, a falta de conhecimento faz com que os misofônicos sejam taxados. Isso aumenta ainda mais seu sofrimento, seja no seio familiar, no trabalho, escola, lazer, relacionamentos, etc.

O Dia Nacional da conscientização sobre a Misofonia ou Dia M, surgiu da necessidade de se criar um evento de divulgação, a AVBM e o Grupo Misofonia Síndrome, em 2017, iniciaram contato com outras iniciativas, como a do projeto então em tramitação na Alesp – Assembleia Legislativa de São Paulo, que posteriormente virou Lei e a campanha do Dia Nacional de Conscientização do Zumbido, denominado Novembro Laranja. Fomos então convidados pelo Instituto Ganz Sanchez a participar de eventos do Novembro Laranja, sendo a data de 12/11 sugerida para o Dia Nacional da Conscientização da Misofonia.

A Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido foi criada em 2009 pela Dra. Tanit Ganz Sanchez para realizar ações voluntárias de divulgação do assunto durante todo o mês de Novembro, período que inclui o Dia Nacional de Conscientização do Zumbido (11/11). A Campanha recebeu o nome de Novembro Laranja e passou a ser promovida pelo Instituto Ganz Sanchez, incluindo também problemas de hipersensibilidade auditiva: Misofonia, Hiperacusia e Fonofobia.

Acesse o Evento no Facebook em 2017 aqui

Acesse o Instituto Ganz Sanchez aqui